• Portugal deve investir mais de 5 mil milhões em infraestruturas até 2020

    Estas são algumas das principais conclusões do relatório final do grupo de trabalho para as infraestruturas de elevado valor acrescentado (GT IEVA), a que o Dinheiro Vivo teve acesso e que foi ontem apresentado ao primeiro-ministro. A discussão pública terá início amanhã.
    O grupo liderado por José Eduardo Carvalho, presidente da Associação Industrial Portuguesa (AIP), concluiu que, até 2020, deve ser dada prioridade a 30 infraestruturas essenciais para o crescimento da economia do país, como a criação de um terminal de águas profundas em Lisboa, a conclusão da ligação ferroviária de alta prestação entre Sines e Espanha, ou um novo terminal de carga no Aeroporto de Lisboa.

     

    Notícia Completa AQUI

     

    Fonte: Dinheiro Vivo